24 setembro 2008

políticos...


Uma historinha legal, apesar de eu não ser cristão e não acreditar em céu e inferno... lá vai:

O político morreu. De frente com São Pedro, no céu, ele chega exigindo entrar no céu, mas São Pedro logo diz:
- Você precisa passar um tempo no inferno e no céu, para depois escolher aonde quer ficar.
O político aceitou. Foi pro inferno e viu seus amigos políticos num belo campo de golfe, todos felizes, cantarolando... todos abraçaram ele, contaram da vida boa do inferno etc.
Depois foi a vez de visitar o céu. Lá havia anjos pulando de nuvem em nuvem cantando, tocando harpas, aquelas coisas todas.
Então, São Pedro perguntou-lhe:
- E então... vai ficar onde?
O Político respondeu:
- São Pedro, gostei muito do céu, mas prefiro o inferno, com meus amigos, vida boa etc.
Assim foi feito. Quando o político chegou ao inferno deparou-se com todos seus amigos limpando uma área enorme de lixo, todos tristes, arrependidos... O Diabo chega, coloca a mão no ombro do político e diz:
- Bem vindo!
Inconformado, perguntou o político:
- Mas... cadê o campo de golfe, as pessoas felizes?
O Diabo, rindo, respondeu:
- Ontem estávamos em campanha, hoje já conseguimos seu voto!

Lendo!


Em meio desânimo a professora de psicologia foi fundo dessa vez.
Leitura obrigatória deste livro maravilhoso! Rsrs
Dei uma invertida na capa pra deixar mais divertido!
E lá vamos nós para a leitura... ¬¬

nosso vereador



Como prometido, aí está a lápide do Marcelo.
Vendo um dos santinhos do candidato, Glauber disse:
- Parece aquelas fotos em lápide!
uahiuhauhuhiuahuihuhuaiha
PhotoShop 10! hehe

provérbio brasileiro

Diálogo entre o avô e o neto:



- Vô, por que os provérbios são sempre chineses?


- Porque os chineses, com mais de 5 mil anos de civilização, são mais sábios que o resto das raças.


- Então só eles têm provérbios?


- Não, existem provérbios Árabes, Russos etc.


- E o Brasil? Tem algum provérbio sábio?


- Tem sim, aliás, é o único provérbio originalmente correto é brasileiro.


- E como é?


- “QUEM NÃO CONSEGUIU CUIDAR DO SEU DEDO, JAMAIS CONSEGUIRÁ CUIDAR DE UM PAÍS”.