19 dezembro 2008

sonhos...

Sonhar...
Nossa, quantos sonhos tínhamos quando éramos crianças né?!
Aquele sonho de ser bombeiro ou policial, médico, professor, ter uma banda, entre outros. Esses sonhos foram deixados para trás quando a gente começa a ver a realidade do mundo onde vivemos. Principalmente para aqueles do interior que, muitas vezes, nem terminam o colégio. A medicina torna-se coisa de outro mundo, o policial ganha pouco para muito risco, ser professor nem se fala... ter uma banda e tocar no Faustão, ainda tem muita gente sonhando.
Esses sonhos podem tornar realidade, desde que o estudante tenha muito dinheiro ou estude muito para passar numa estadual e coisa e tal. No caso da polícia, seja corajoso. A banda no Faustão não é tão complicado, também basta dinheiro. Estamos falando de Brasil. Hoje em dia as músicas de qualidade brasileiras não são ouvidas por brasileiros, o que ouvem aqui no Brasil são bandas que tenham um bom empresário para pagar Jovem Pan, Rede Globo etc. Na mídia só toca sucesso! Hahaha
Tem uma barata atrás do meu guarda-roupas nesse momento, mas deixa ela lá, ela vai se tocar que ali não é lugar dela.
Voltando nos sonhos, eu sempre quis viver de música, não interessa como, mas que tenha música no meio. Pois bem, ainda não estou satisfeito porque não ganho aquelas coisas, mas já tenho dinheiro pra pagar minha faculdade e sair aos fins de semana.
Costumo falar para meus alunos para escolherem uma profissão que eles realmente gostam e não simplesmente porque ganha mais ou vai ter mais campo de trabalho. Eu aprendi que quando você faz uma coisa bem feita, de coração, você consegue trabalho. E para que depois você não seja só mais um profissional acordando cedo e reclamando de ter que ir trabalhar. Eu tenho experiência própria, vou para meu trabalho feliz, odeio as férias, vou fazer shows, lecionar e reger orquestras com prazer e ainda me pagam por isso. É maravilhoso fazer as coisas sorrindo.
Não deixem de lado seus sonhos, corram atrás, se você adora escrever não faça Engenharia só porque seu tio tem uma firma e futuramente você irá trabalhar lá, se você nasceu para ser um bom advogado, siga em frente. Você que sempre quis salvar vidas, apagar incêndios, vá ser bombeiro. A sua profissão faz parte do que você vai ser no futuro.
Eu ainda irei para os Estados Unidos viver alguns meses como mendigo. Não sei para que isso vai me servir, mas sonho com isso. Rsrsrs
Com certeza terei história, muita história para contar.
Ah! Lembra daquela barata? Acabou de sair pela porta, nem precisei conversar com ela.
Abraço para vocês!

2 comentários:

Glauber disse...

Crescer é a certeza que tudo ainda
continua.
É fazer todos esses sonhos reais,
ou em reais rsrsrs

abraço

Dani Luengo disse...

sonho que se sonha só, e só um sonho que se sonha só...
Mas sonho que se sonha JUNTO é realidade!

Amo você my friend!
Beeeeijoo